Contador de água Inteligente com integração de captação de energia

No âmbito do projeto EcoWT – Water Telemetry, promovido pela KTS – Key Technologies and Support, o INOV participou no desenvolvimento uma unidade de telemetria desenhada para operar com contadores de água mecânicos comerciais, instalados no mercado residencial em Portugal. A parte da investigação do projeto conduzida pelo INOV foi publicada por Nelson Pimenta e Paulo Chaves na revista Discover Internet of Things com o artigo Study and design of a retrofitted smart water meter solution with energy harvesting integration.

A nova unidade permite operar com os mais comuns contadores residenciais e industriais de água que não têm qualquer tipo de interface eletrónico para o exterior, nem estão preparados para telecontagem (ainda a grande maioria no mercado), transformando-os em contadores de água inteligentes. A solução proposta responde a requisitos importantes das entidades gestoras que procuram unidades compactas, alimentadas por baterias, idealmente sem cabos ou conexões externas e com baixo consumo de energia que garanta uma vida útil de vários anos, idealmente o tempo de vida do contador.

Esta unidade de telemetria permite a leitura automática de consumos e a sua transmissão através de tecnologia de Internet of Things de banda estreita (NB-IoT), com baixa potência, longo alcance e elevada penetração, garantindo a necessária cobertura e segurança na ligação massiva de dispositivos IoT.

O sistema de gestão de energia permite a integração de sistema de energy harvesting que recolhe energia do ambiente circundante e a armazena numa bateria, o que pode garantir ganhos económicos e ambientais através da diminuição do tamanho e capacidade das baterias a utilizar. A viabilidade do sistema de recolha de energia foi demonstrada com duas configurações de prova de conceito, com base na captação da energia da luz e do fluxo de água.

Com o projeto EcoWT procurou-se dar resposta às necessidades e preocupações crescentes para uma gestão eficiente de serviços – água, gás ou eletricidade – sendo a monitorização e medição inteligentes dos consumos de água ferramentas essenciais para uma distribuição eficiente.

O projeto, promovido pela KTS – Key Technologies and Support em copromoção com o INOV, conta com o apoio do COMPETE 2020 no âmbito do Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico, envolvendo um investimento elegível de 740 mil euros o que resultou num incentivo FEDER de cerca de 555 mil euros.

Share This